Estudantes bilíngues: 6 benefícios de aprender inglês

estudantes com professora em sala de aula capa artigo sobre os benefícios de aprender inglês

Compartilhe:

Diante de um cenário cada vez mais globalizado e conectado, aprender uma segunda língua, especialmente o inglês, não é mais somente um requisito para o mercado de trabalho. Na verdade, é uma forma de conexão e comunicação sem fronteiras. Esses são, inclusive, alguns dos benefícios de aprender inglês.

Porém, ao falar sobre estudantes bilíngues no contexto de ensino bilíngue, foco deste conteúdo, não estamos falando de um processo de ensino-aprendizagem de escola de idiomas.

Isso porque, em um curso de inglês, o foco do ensino é voltado à estrutura gramatical e à conversação. Mas, muitas vezes, não traz profundidade em questões culturais também importantes.

Já o ensino bilíngue vai além: atua na formação de estudantes para que possam compreender diversos conteúdos por meio da língua inglesa, desenvolver a consciência das diferentes culturas tendo o inglês como língua franca e, por fim, respeitar a diversidade linguística, geográfica e cultural.

Vale destacar que o ensino bilíngue tem como foco o desenvolvimento de uma língua adicional, não necessariamente o inglês. Contudo, hoje a língua inglesa é a mais falada em todo o mundo

Logo, também é a mais procurada pelos responsáveis na hora de matricular os filhos numa escola bilíngue ou numa escola com um programa bilíngue. Por isso, conheça os seis principais benefícios do aprendizado de inglês na escola. 

Quais os benefícios de aprender inglês?

Há inúmeros benefícios no aprendizado de um novo idioma. Com o inglês, eles são ainda maiores, pois como explicamos antes, o inglês é uma língua franca.

Isso significa que a língua inglesa é falada não só por falantes nativos, mas por grande parte da população mundial, das mais diversas nacionalidades. Dessa forma, serve como meio de comunicação que:

  • Aproxima pessoas do mundo todo;
  • Fomenta a pluralidade cultural;
  • Amplia e dá acesso ao conhecimento, otimizando a troca de informações;
  • Promove a consciência e o respeito à diversidade.

Veja as seis principais vantagens que os estudantes têm ao aprender inglês!

1. Melhora o desenvolvimento cognitivo

Diversos estudos já comprovaram o quanto aprender um segundo idioma pode contribuir com o desenvolvimento cerebral.

O aprendizado de uma nova língua fortalece a memória e atua como um exercício para o cérebro, da mesma forma que a leitura. Por isso, um dos benefícios desse aprendizado é a prevenção de doenças como o Alzheimer e a demência.

A habilidade de intercalar a comunicação entre dois idiomas facilita a execução de mais de uma tarefa ao mesmo tempo. Essa habilidade é bastante útil em diversos momentos da vida, especialmente no ambiente profissional.

Por fim, aprender uma segunda língua melhora a percepção sobre o mundo a partir de diferentes pontos de vista, além de desenvolver o pensamento crítico. Ambos contribuem para a tomada de decisões mais conscientes.

banner ebook 5 dicas para ajudar seu filho no processo de aprendizagem

2. Impulsiona as oportunidades acadêmicas

Outro benefício de aprender inglês é a melhoria no desempenho escolar. Como citamos antes, as habilidades desenvolvidas contribuem para um melhor aproveitamento escolar em todos os componentes curriculares.

E por falar em componentes curriculares, a metodologia CLIL (Content and Language Integrated Learning) é bastante usada no ensino bilíngue. Em vez do estudante aprender inglês focado na estrutura e pronúncia da língua, ele aprende os conteúdos curriculares através do inglês.

Dessa forma, o processo de ensino-aprendizagem não é focado na gramática e na parte fonética do idioma, mas sim na comunicação de conteúdos diversos em inglês, possibilitando um contato mais natural com a linguagem.

Vale destacar que ter habilidades linguísticas em inglês aumenta as chances do estudante ser aprovado em um vestibular ou no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), já que ambas as avaliações contêm questões em língua inglesa. 

Na prova do ENEM, por exemplo, no campo de Linguagens, Códigos e Tecnologias, há 45 questões, sendo que as de língua estrangeira representam 11% das perguntas desse campo, número que pode fazer a diferença no desempenho final da avaliação.

Do mesmo modo, saber se comunicar em inglês gera oportunidades acadêmicas internacionais. Além de muitas universidades exigirem exames de proficiência como o TOEFL (Test of English as a Foreign Language) e o IELTS (International English Language Test System), os processos de seleção acadêmica no exterior são bastante intensos e em inglês. Logo, a comunicação na língua franca apoia todo esse processo.

Saiba mais: Máquinas de aprovação: dicas de diretores de escolas que são destaque no ENEM

3. Amplia o acesso à informação e ao entretenimento

Ao aprender inglês na escola, os estudantes conseguem ter acesso à informações que só estão disponíveis na língua inglesa, como artigos, livros, vídeos e reportagens. 

Dessa forma, podem usar conteúdos de vários locais (inclusive desenvolvidos no Brasil, mas publicados em inglês) para elaborar trabalhos escolares ainda mais relevantes. 

Ao mesmo tempo, fortalecem as habilidades de reading (leitura) e listening (escuta), essenciais para a fluência no idioma.

Assim como na vida escolar, na vida pessoal o acesso à informações e ao entretenimento é potencializado. Os estudantes conseguem assistir a filmes e séries, bem como ler livros e notícias na língua inglesa

Sem falar nos estrangeirismos presentes em produtos, serviços ou na comunicação do dia a dia, que se tornam muito mais compreensíveis para quem entende o idioma.

4. Oportuniza viagens

Como você percebeu até aqui, falar inglês abre muitas portas e uma delas é a possibilidade de viajar para fora do país. Afinal, por ser uma língua franca, não importa o destino, provavelmente o inglês atenderá a necessidade de comunicação independentemente do local que o estudante decidir conhecer.

Além do turismo, as viagens a trabalho também se tornam muito mais significativas e as experiências mais ricas. Da mesma forma, é possível fazer um intercâmbio estudantil ou profissional, adquirindo novas experiências e fazendo novas amizades.

5. Potencializa as oportunidades profissionais

Ter proficiência em inglês ainda é um grande diferencial no currículo. Afinal, apenas 5,1% dos brasileiros acima de 16 anos de idade afirmam ter algum conhecimento no idioma, segundo pesquisa feita em 2013 pelo Instituto Data Popular para o British Council.

Em contrapartida, a demanda por profissionais que falam inglês é alta. Estudos recentes feitos pela Catho, empresa de tecnologia para área de recrutamento e seleção, apontam que:

  • 50% das vagas de trabalho do Brasil exigem domínio do inglês;
  • Ter a proficiência no idioma pode aumentar o valor do salário em até 60%.

A maioria das oportunidades profissionais no exterior também exigem o domínio da língua. Por isso, saber falar inglês proporciona transferência de local de trabalho no caso de empresas multinacionais e a contratação em empresas internacionais. Muito legal, hein?

6. Expande a percepção de mundo e aumenta o repertório cultural

Expandir a percepção de mundo e aumentar o repertório cultural são mais dois benefícios de aprender inglês. Ao estudar por meio da língua adicional, o estudante é inserido na cultura que essa língua traz consigo.

Em outras palavras, um idioma nunca é isolado, servindo apenas como meio de comunicação. Pelo contrário, junto com ele há todo um conjunto de aspectos sociais, econômicos, políticos e culturais

Inclusive, há um termo chamado soft power” que explica essa influência de um país em outras culturas. Uma das formas de soft power é o uso da linguagem, a exemplo dos estrangeirismos. Outra maneira de exercer o soft power é pelo entretenimento, que também utiliza a linguagem na comunicação de filmes, seriados, livros, etc.

Diante disso, ao estudar através de uma língua franca como o inglês, o estudante tem contato com diversas culturas diferentes

A partir disso, desenvolve habilidades socioemocionais, como o autoconhecimento, a empatia, a criatividade e o trabalho em equipe. Tais habilidades são fundamentais desde a infância até a vida adulta e contribuem para a construção do respeito à cultura e à diversidade global.

Como a sua escola pode impulsionar o aprendizado da língua inglesa?

De acordo com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), a partir do 6° ano do Ensino Fundamental, os estudantes devem aprender inglês nas escolas. Dessa forma, as instituições já atuam como um ambiente que proporciona o aprendizado desse idioma.

Entretanto, esse aprendizado já pode ser incentivado desde a primeira infância, com atividades lúdicas e com o apoio e envolvimento de toda a família. Afinal, é comprovado cientificamente que as crianças têm mais facilidade na aquisição de uma segunda língua.

Levando tudo isso em conta, é possível impulsionar o aprendizado da língua inglesa de duas maneiras:

  • Tornando-se uma escola bilíngue: para ser uma escola bilíngue, a premissa básica é ter um “currículo único, integrado e ministrado em duas línguas de instrução”, de acordo com as Diretrizes Nacionais para a Educação Plurilíngue no Brasil. Dessa forma, é possível implementar uma solução física (com materiais didáticos) ou digital que apoie o trabalho pedagógico e profissionalize o ensino bilíngue na escola.
  • Oferecendo um programa bilíngue: essa opção não trata todo o currículo escolar como bilíngue, mas articula a língua materna e a língua adicional, ofertando o ensino bilíngue em alguns componentes curriculares. Também é possível implementar um programa bilíngue de forma física ou com ferramentas digitais. Hoje, o formato digital é mais atrativo, pois os estudantes já estão imersos na tecnologia e podem ser motivados ao estudar com metodologias tais como a gamificação.

Mas afinal, a sua escola também tem algum benefício ao oferecer um ensino bilíngue? Com certeza! Em um cenário em que apenas 3% das escolas privadas brasileiras oferecem uma educação bilíngue, a sua escola pode se destacar, tornar-se competitiva e entregar um diferencial para as famílias. Como consequência, é possível aumentar a captação de estudantes e fidelizar a matrícula dos veteranos.

Banner divulgacao ebook planejamento escolar

Para finalizar, sem dúvidas, os benefícios de aprender inglês são muitos e aqui buscamos trazer apenas os principais. Deseja saber mais detalhes sobre o que é e como funciona o ensino bilíngue? Confira esta publicação completa sobre o tema.

Leia também

Gostou? Receba conteúdos como este!

Newsletter quinzenal com conteúdos para simplificar o seu trabalho

Seus dados estarão protegidos e serão usados conforme a nossa Política de Privacidade.

Compartilhe:

Explore outros conteúdos

amaiseducacao.com.br

Conte para nós: o que você está buscando?

small_c_popup.png

Vamos conversar pelo WhatsApp

Fale com nosso
time comercial