Recesso escolar: como aproveitá-lo para promover melhorias na escola?

recesso escolar

Compartilhe:

O fim do ano está chegando e, com ele, o tão esperado recesso escolar. Sem dúvidas, esse é um momento para descansar e recarregar as energias para o próximo ano letivo, certo? Porém, também é um ótimo período para realizar melhorias na escola e começar o ano com tranquilidade e com tudo em ordem.

Assim, usar o recesso escolar para tirar os projetos da gaveta é uma atitude estratégica que traz excelentes resultados para toda a comunidade escolar. Que tal saber mais sobre esse tema? Confira a seguir o artigo que preparamos especialmente para ajudá-lo neste momento.

Para começar: diagnóstico e plano de ação

Imagine-se na seguinte situação: você sabe que a escola precisa melhorar em vários aspectos, mas não tem clareza de quais são eles ou quais priorizar. Além disso, você não conhece quais as percepções da comunidade escolar em relação à realidade da escola.

Isso significa que os alunos e responsáveis podem não notar as mudanças e melhorias feitas pela instituição de ensino. Ou então eles podem perceber somente grandes mudanças, como obras na recepção ou a construção de novos espaços.

Então, para mudar essa realidade, é fundamental ouvir a comunidade escolar, ou seja, fazer um diagnóstico para entender de que forma a escola pode propor um plano de ação para implementação de melhorias que beneficiem a todos. Mas como fazer isso?

É possível abordar este tema nas reuniões com a equipe escolar e com as famílias. E para facilitar essa coleta de informações, existem diversos tipos de pesquisas que podem ser aplicadas, como uma avaliação institucional, uma pesquisa de satisfação ou até mesmo a pesquisa dos 3 Qs (que consiste em três critérios “que bom, que pena, que tal”). Assim, a comunidade escolar pode se expressar livremente, contribuindo para ajustar e otimizar os diferentes processos da escola. Quer saber mais detalhes sobre essas ferramentas? Nesta publicação, explicamos cada uma delas.

Por fim, após a conclusão do diagnóstico, a escola deve elaborar um plano de ação considerando as melhorias a serem realizadas e priorizando aquelas que são mais urgentes ou que trarão mais resultados para a instituição e para os alunos.

Recomendamos que este plano de ação seja colaborativo. Portanto, busque envolver os professores e demais funcionários da escola e faça um cronograma para facilitar o controle e acompanhamento das ações. 

Certamente o plano de ação servirá como norte para as modificações necessárias, começando pelas reformas e manutenções. Vamos entender melhor tudo o que pode ser realizado durante o recesso escolar?

Recesso escolar: hora das reformas e manutenções

Com o recesso escolar, nada melhor do que aproveitar para checar a infraestrutura da instituição. Afinal, neste período é possível fazer diversas melhorias com tranquilidade e segurança, pois a sujeira, o barulho e o perigo das obras e/ou manutenções não irão prejudicar os estudantes.

Nesse sentido, é hora de retomar o plano de ação e verificar os espaços que necessitam de melhorias. Confira alguns pontos que podem estar presentes no seu cronograma:

  • Salas de aulas, sala dos professores e ambientes para reuniões: muitas são as oportunidades de melhorias nesses locais. Verifique como está a pintura, se está tudo em ordem com o piso, as janelas, a mobília, as carteiras e cadeiras, a fiação elétrica (tomadas, iluminação, etc.). Lembre-se de checar a data da última manutenção do ar-condicionado e, se necessário, providencie uma nova limpeza para o aparelho.
  • Espaços externos: se a sua escola possui locais para as aulas de educação física e de recreação e lazer, confira quais melhorias precisam ser feitas nestes ambientes. As redes que protegem as quadras esportivas estão em ordem? Os bancos das áreas de recreação precisam de uma nova tintura? E os muros e paredes da escola, precisam de uma manutenção? As plantas, canteiros, árvores e a horta da escola estão bem cuidadas e aparadas? Aproveite este período para deixar tudo certo para o próximo ano letivo. 
  • Ambientes para alimentação: a cozinha e refeitório da escola são locais que precisam de uma maior atenção por parte da gestão escolar. Isso porque devem ser cumpridas diversas normas sanitárias e de segurança alimentar. Então, não deixe para checar esses locais somente no recesso escolar. Tenha um cronograma de vistoria e limpeza periódico e, se possível, determine um responsável para cuidar desse local, como um nutricionista, por exemplo. De qualquer forma, o recesso escolar pode ser utilizado para uma limpeza mais pesada e para checar se está faltando algum utensílio e se os aparelhos como geladeira, fogão, micro-ondas e outros precisam de manutenção.
  • Estoque da cozinha e almoxarifado: é possível fazer o inventário dos itens de ambos esses locais para reduzir custos, desperdícios e outros problemas. Além disso, é essencial fazer uma limpeza nesses ambientes também para garantir a organização e evitar o surgimento de pragas.
  • Acessibilidade: aproveite a oportunidade do recesso escolar para checar se está tudo certo com as rampas para cadeirantes, faixas para cegos, escadas, corrimãos, elevadores (se houver), entre outros aspectos importantes para acessibilidade.
  • Limpeza, segurança e saúde: todos os ambientes da escola precisam de uma limpeza mais profunda nesse período para entrar no próximo ano letivo com tudo em ordem. Da mesma forma, a segurança escolar é extremamente importante. Por isso, verifique se está tudo funcionando: os alarmes, as câmeras de segurança, as salas que tenham entradas com controle de acesso, o portão eletrônico etc., pois os estudantes e a equipe escolar precisam se sentir seguros. Lembre-se também de fazer a dedetização da escola, que ajuda no controle de pragas e na boa higiene e segurança dos ambientes. Por fim, verifique se não há água parada nas dependências escolares, para evitar doenças como a dengue.

Com tudo isso em dia, com certeza, a comunidade escolar perceberá as mudanças feitas pela escola e, assim, todos se sentirão mais seguros e acolhidos para começar o próximo ano letivo. Mas, além das reformas e manutenções, o que mais pode ser feito durante o período de recesso escolar?

Estimular e promover o desenvolvimento da equipe escolar

Neste período, o descanso é merecido! Mas há espaço para oportunizar treinamentos e promover capacitações para a equipe. Além de se atualizarem sobre tendências e práticas pedagógicas, os colaboradores podem ser treinados para utilizar as novas ferramentas, plataforma de aprendizado ou sistema de gestão escolar que a instituição utilizará no próximo ano.

Além disso, cursos rápidos sobre técnicas de atendimento ao cliente e capacitação para o processo de matrícula e rematrícula podem ser bem úteis.

Por fim, a instituição também pode ofertar cursos de formação continuada para os professores, a fim de qualificá-los para melhorar cada vez mais suas práticas pedagógicas. A gestão escolar também pode estimular os colaboradores a terem iniciativa na busca por desenvolvimento. Que tal incentivar a prática de sugestões de leituras ou podcasts entre a equipe?

Apresentar as melhorias para a comunidade escolar

O ano letivo começou e todas as melhorias ou boa parte delas foram feitas pela instituição de ensino. Logo, a expectativa é que os estudantes e famílias percebam as mudanças feitas pela escola, não é mesmo?

Sem dúvidas! Porém, a instituição pode dar um empurrãozinho e valorizar as melhorias realizadas. De que forma? Aproveitando reuniões de responsáveis e de professores para apresentar estas melhorias.

Nesse sentido, também é possível aproveitar o apoio e a otimização que a tecnologia proporciona para elaborar um informativo ou comunicado, a ser enviado para toda a comunidade escolar através dos canais de comunicação e/ou redes sociais, destacando estas melhorias e os ganhos que ela trará a todos.

Assim, tenha certeza de que nas próximas avaliações institucionais a escola atingirá melhores resultados, afinal, conseguiu se colocar à disposição para ouvir toda a comunidade e, mais ainda, conseguiu aplicar as melhorias solicitadas por ela.Esse é um fator muito importante, tornando-se até mesmo um diferencial no mercado educacional. 

Além disso, assim como é importante contar com um cronograma que apoie o plano de ação de melhorias da escola, também é essencial contar com o apoio da tecnologia para dar suporte a esses processos. Então, de que forma a tecnologia pode ajudar nesse tipo de intervenção escolar?

Como a tecnologia apoia a implementação de melhorias durante o recesso escolar

A Plataforma A+ tem diversas soluções que atuam como suporte para a gestão escolar. O A+ Unimestre, por exemplo, gerencia diversos processos da escola, desde a secretaria escolar, passando pelo setor financeiro, até o estoque e almoxarifado. Assim, com informações em mãos, como o orçamento e indicadores financeiros, fica muito mais simples administrar as reformas e manutenções, pois você tem ciência do quanto pode investir.

Além disso, o A+ Unimestre conta com uma ferramenta de pesquisa institucional on-line, apoiando o diagnóstico da escola de forma automatizada e rápida, além de consolidar os dados, simplificando a sua análise.

A Plataforma A+ oferece também uma solução para potencializar a comunicação entre escola, estudantes e famílias. O Agenda+ organiza, otimiza e automatiza todo o envio de recados e lembretes automáticos para os alunos e responsáveis. Dessa forma, é muito mais fácil divulgar as melhorias realizadas durante o recesso escolar, não é mesmo? Saiba mais sobre as nossas soluções!

Leia também

Gostou? Receba conteúdos como este!

Newsletter quinzenal com conteúdos para simplificar o seu trabalho

Seus dados estarão protegidos e serão usados conforme a nossa Política de Privacidade.

Compartilhe:

Explore outros conteúdos

amaiseducacao.com.br

Conte para nós: o que você está buscando?

small_c_popup.png

Vamos conversar pelo WhatsApp

Fale com nosso
time comercial