Crianças e adolescentes no meio digital: impactos positivos das mídias

impactos positivos das mídias

Compartilhe:

Hoje em dia, desde bem pequenas as crianças são apresentadas ao mundo digital. Isso também vale para os adolescentes, que têm nas novas mídias uma potente ferramenta de socialização, algo muito importante neste período da vida e reflexo dos impactos positivos das mídias.

Já inseridas em um contexto híbrido, as novas gerações são as primeiras a nascerem nesse ambiente. Por isso, como consequência direta e evidente, a quantidade de tempo em exposição às telas aumentou significativamente.

E ainda que o uso das telas tenha que ser acompanhado por família e escola, é possível enumerar uma série de impactos positivos das mídias para o mundo e, sobretudo, para a educação. É certo que crianças e adolescentes devem se apropriar de tais meios de comunicação da forma mais eficiente possível, para assim construir conhecimentos e aprimorar inteligências.

Aproximação com a linguagem das novas gerações

Quando falamos em novas mídias, existe um certo consenso de que smartphones são o exemplo mais comum. De fato, o smartphone é o principal suporte eletrônico pelo qual o brasileiro acessa a internet. Sendo assim, ao pensarmos na inclusão desses suportes na educação, não há como deixar de observar como as dinâmicas de linguagem da internet podem ser usadas pedagogicamente.

Caracterizada pela velocidade das redes sociais e pelo constante jogo semiótico apresentado pelos memes, o que poderia se chamar de linguagem de internet é, na verdade, um conjunto de manifestações que os jovens, no geral, usam de forma coloquial e orgânica. Tais manifestações têm grande potencial criativo, uma vez que envolvem códigos visuais, escritos e sonoros, de maneira simultânea.

Portanto, essas características devem ser consideradas como um impacto positivo das novas mídias. Assim, quando se configuram novas maneiras de expressão que incentivam a criatividade entre jovens, é dever das instituições de ensino se atentar a essas dinâmicas.

Novas mídias trazem a força da linguagem audiovisual

Enfim, pode-se dizer que a linguagem audiovisual prevalece quando tratamos dessas mídias no uso comum, e o mesmo acontece com seu uso na educação. Contudo, é verdade que o conceito de ensino híbrido veio para ficar no contexto educacional. E, por esse motivo, mídias eletrônicas e não eletrônicas devem ser usadas de forma cada vez mais fluida e dinâmica.

Crianças e adolescentes envolvidos no ambiente multimídia têm grande facilidade em aprender por meio da linguagem audiovisual. Positivamente, essa facilidade aponta caminhos potentes para o futuro. O ensino, desse modo, deve incorporar essa linguagem de forma definitiva nos próximos anos.

Apesar disso, como já foi pontuado acima, as mídias não eletrônicas devem continuar desempenhando importante papel. Assim, os impactos positivos das mídias na educação é fato, mas é recomendado que os pais incentivem o equilíbrio entre atividades com e sem o uso de tecnologia, para evitar o excesso de exposição às telas.

Quer saber mais sobre os impactos positivos da tecnologia? Então, confira essa publicação que trata dos 8 benefícios da tecnologia para a educação.

Leia também

Gostou? Receba conteúdos como este!

Newsletter quinzenal com conteúdos para simplificar o seu trabalho

Seus dados estarão protegidos e serão usados conforme a nossa Política de Privacidade.

Compartilhe:

Explore outros conteúdos

amaiseducacao.com.br

Conte para nós: o que você está buscando?

small_c_popup.png

Vamos conversar pelo WhatsApp

Fale com nosso
time comercial